Avô pede para transferir enorme quantia ao “neto” – mas a funcionária recusa e salva o Natal do idoso

O Natal é uma altura de muita generosidade, e infelizmente há quem se aproveite disso para lucrar. Esse avô estava prestes a transferir uma enorme quantia de dinheiro para o “neto”, quando a funcionária de um supermercado viu que algo estava errado. Graças à sua perspicácia, ela conseguiu salvar o Natal daquele homem!

Cecil Rodgers, um avô de Ohio, ia ser alvo de um golpe se não fosse pela ajuda da funcionária do supermercado. Um pouco antes do Natal, o idoso recebeu um telefonema de um homem que dizia ser o seu neto mais velho. O jovem disse que se tinha envolvido num acidente de carro e precisava de ajuda.

“Embati no carro de uma mulher que estava com sete meses de gravidez. Estou sendo acusado de dirigir embriagado e fui preso”, disse o suposto neto. Depois de ter contado essa história, o jovem disse que precisava 2.300 dólares (7.000 reais / 1.915 euros) para pagar a fiança. Rodgers ficou muito abalado com o que aconteceu com o “neto mais velho”, e não pensou duas vezes em ajudá-lo.

Então, o avô foi até um supermercado Walmart fazer a transferência (nos Estados Unidos, esse tipo de transações podem ser realizadas no caixa de supermercado). Quem lhe atendeu foi a funcionária Audrella Taylor. Ao chegar a sua vez, o idoso contou o sucedido a Taylor, e ela desconfiou imediatamente da história. “Eu disse: ‘Vou recusar a transferência. Não vou deixar você enviar o dinheiro. Acho que o senhor está sendo vítima de um golpe‘”, disse a atendente.

Taylor pediu ao avô que, antes que enviasse aquela enorme quantia, ligasse para os seus familiares a confirmar a história. E o que é que o homem descobriu? O neto estava tranquilo na faculdade, era tudo mentira! Rodgers quase caiu numa rede de golpes natalinos, e ia ficar sem as suas poupanças. Mas, graças à funcionária atenta, tudo acabou em bem.

Dominic Gross, o gerente daquele supermercado, recompensou monetariamente Taylor pela sua perspicácia, e por ter colocado o bem-estar do cliente acima de tudo. Agora, os outros caixas de supermercado estão sendo treinados para poderem detetar golpes semelhantes.

Rodgers tinha muitas dificuldades financeiras, e aquele dinheiro ia fazer muita falta ao idoso. Mas, graças à intuição, raciocínio rápido e preocupação de Taylor, esse avô pode passar um Natal mais descansado. Compartilhe essa história para homenagear essa mulher maravilhosa e para alertar sobre esse tipo de golpes!

Добавить комментарий

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!:

Avô pede para transferir enorme quantia ao “neto” – mas a funcionária recusa e salva o Natal do idoso